LiveZilla Live Help

Compostos especiais Luciane

A Luciane trabalha com compostos homologados pelo cliente. Trabalhamos com os seguintes compostos:

Fluorsilicone
Ao lado das borrachas sintéticas normais, a borracha de fluorsilicone apresente uma resistência melhorada contra óleos, combustíveis e solventes. Isto vale principalmente para hidrocarbonetos aromáticos e clorados e alcoóis. Os campos de aplicação, dependendo das exigências a uma resistência de uma ampla faixa de temperaturas de -60ºc até + 200ºC com concomitante ação de meios agressivos como p.ex. gasolina, misturas de alcoóis, óleos aromáticos e naftênicos e uma série de solventes clorados.

 
Nitrílica Hidrogenada
A borracha nítrica hidrogenada é muito mais resistente à ação de óleos e solventes à alta temperatura, ao envelhecimento em contato com gases como oxigênio e ozônio, à abrasão e ataques químicos do que o NBR original.

 
Viton
É um elastômero muito utilizado no revestimento de cilindros nas indústrias químicas, petroquímicas, evaporadores de usinas entre outras. Apresenta excelente resistência no trabalho com ácidos nitrílicos concentrados, sulfúricos concentrados, clorídricos, cítricos e concentração de até 85% de etílico, resiste também altas temperaturas, óleos e graxas. Não é indicado para trabalhar no contato com Metil Etil Cetona (MEC).A faixa de temperatura de trabalho é considerado como -26ºC a 205°/230°C. Mas por curtos períodos de trabalho que terá temperaturas ainda mais elevadas.

 
Silicone
É um material usado nas indústrias e equipamentos que trabalham com altas e baixas temperaturas ou com produtos que em contato não devem ser tóxicos, é utilizado em vedações para estufas, fornos e autoclaves nas Indústrias Frigoríficas, Alimentícia, de Laticínios e Refrigeração.
É resistente ao calor de até 260ºC; Tem flexibilidade a baixas temperaturas; os vulcanizados de silicone só se tornam duros e frágeis à temperaturas inferiores a 55ºC negativos; a flexibilidade a baixas temperaturas depende também da dureza, na qual o comportamento mais favorável é observado na faixa de 50-60 Shore;

 
Neoprene
Material com excelente capacidade isotérmica apresenta boas características mecânicas, ótima elasticidade, boa resistência a compressão e ao desgaste, resistência a óleos, graxas e chamas intempéries e ozônio. Temperaturas de uso entre -40ºC a + 70ºC. Resistência a produtos químicos – boa resistência a ácidos, álcalis e sais. Seu contato com óleos e hidrocarbonetos não é aconselhável. O Neoprene é recomendado no revestimento de peças cujo trabalho exija alta resistência à ruptura e abrasão, bom desempenho no trabalho com ácidos difluídos.

 
EPDM
Pode ser vulcanizado com peróxido ou convencionalmente, utilizando-se o enxofre. Resistente ao ozônio, intempéries, ácidos diluídos e salmoura. Resistência a temperaturas entre – 40ºC e 70ºC em compostos Standard. Compostos especiais podem aumentar estas faixas de temperaturas. É resistente ao ataque de oxigênio, raios ultra-violeta, ozônio e extremas condições ambientais.

 
Poliuretano
É um dos materiais mais utilizados do mercado para fabricação de diversos produtos, isso graças a sua capacidade variar sua forma, densidade e resistência conseguem suprir diferentes necessidades dentro do mercado. Este elemento químico faz parte da composição de espumas, estofados até partes automotivas e rodas para gruas.

 
SBR
Similares à borracha natural, mas é mais resistente ao envelhecimento e temperatura e, como na borracha natural, estas propriedades podem ser alteradas pela formulação; Temperatura entre -40ºC a 70ºC. Em função da sua estrutura molecular insaturada, materiais de SBR tendem a uma resistência moderada, ao ozônio e ao intemperismo em geral. Resistência a Produtos Químicos – Boa resistência a alguns produtos químicos inorgânicos. Tem resistência limitada a óleos minerais e não é recomendado para uso com ácidos oxidantes e líquidos orgânicos em geral.

 
Natural
Os vulcanizados de borracha natural possuem propriedades com valores muito interessantes do ponto de vista tecnológico, especialmente boa resistência e tração combinada com uma boa elasticidade, boa resistência ao calor até 80-90 °C, boa flexibilidade a baixas temperaturas até cerca de -55 °C e excelentes propriedades dinâmicas exibidas durante solicitações cíclicas. Apresenta alta permeabilidade ao gás, resistência limitada ao envelhecimento e ao ozônio. Não é resistente a agentes oxidantes como por exemplo o ácido nítrico, a óleos minerais e a hidrocarbonetos alifáticos e aromáticos.

 
Cloropreno
AS propriedades químicas e físicas se assemelham às do NBR. A resistência a óleos minerais é um pouco menor, porem a resistência contra o envelhecimento, ozônio, ácidos e alcalinos por outro lado é excelente. Faixa de temperatura entre – 40ºC até + 120ºC de acordo com o tipo utilizado.

 
Nylon
Foi desenvolvido em 1937 pelo professor de Química Orgânica americano W.H. Carothers que descobriu uma fibra mais fina e resistente do que a seda, misturando ácido adípico (HOOC-(CH2)4-COOH) e hexametilenodiamina H2N-(CH2)6-NH2, qualquer deles com 6 átomos de carbono. Daí o nome polímeros 6,6 ou polímero 66, como também é conhecido.

 
Teflon
Um polímero de adição conhecido especialmente por ser usado como revestimento de utensílios domésticos, tais como panelas e, principalmente, frigideiras antiaderentes. Ele é usado com essa finalidade, pois possui alta resistência ao calor e baixa aderência, assim há menos riscos de o alimento ficar grudado na panela.
Outras características do teflon são: boa resistência mecânica, baixo coeficiente de atrito e bom isolante de eletricidade. Não é combustível e é excepcionalmente inerte, sendo muito resistente aos reagentes químicos mais poderosos, como a água-régia.

 
Kalrez
Onde houver componentes expostos a produtos químicos agressivos ou a altas temperaturas, as peças fabricadas com Kalrez duram muito mais. Em qualquer ambiente difícil para componentes de borracha, as peças de Kalrez podem ajudá-lo a:
Reduzir falhas de vedações dispendiosas
Melhorar produtividade
Aumentar segurança e reduzir riscos de danos ambientais
Economizar custos de manutenção

Share:

Escrito por

O autor ainda não acrescentou qualquer informação a seu perfil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>