LiveZilla Live Help

Elastômero na Construção Cívil

Um elastômero é um polímero que tem a característica de ter propriedades muito elásticas e podendo até recuperar sua forma após ter sido deformado. Mais especificamente, um elastômero é um conjunto químico constituído de milhares de moléculas chamadas monômeros que se unem para formar grandes cadeias, denominada polímeros. Estas grandes cadeias é que conferem aos polímeros flexibilidade e resistência.
Quando um elastômero é esticado, as moléculas entram em alinhamento, permitindo que se tenha uma aparência cristalina. Porém, ao cessar esta força, ele rapidamente retorna ao seu estado original de desordem elástica. Esta característica é muito importante na distinção dos polímeros plásticos dos elásticos.
A maioria dos elastômeros são formados por hidrocarbonetos, ou seja, são compostos basicamente por hidrogênio e carbono. Sua obtenção pode ser tanto naturalmente, a partir da extração do latéx polisopreno oriundo da seringueira, quanto de forma “industrializada”, através da síntese do petróleo e do gás natural.

Para dar maior uso prático aos elastômeros, estas passam por um processo chamado de vulcanização que consiste na aplicação de calor e pressão a uma composição de borracha, afim de alterar atrubuir propriedades para determinadas necessidades. Através da aplicação de átomos de enxofre e de solventes orgânicos, o elastômero se torna mais resistente, aumenta sua capacidade de aderência, sua durabilidade e resistência a corrosão.

Na construção civil o elastômero é utilizado para:

Impermeabilização
Impermeabilização na construção civil tem como objetivo impedir a passagem indesejável de águas, fluidos e vapores, podendo conte-los ou escoá-los para fora do local que necessitamos proteger. A importância da impermeabilização é relevada no objetivo de proteger a edificação de inúmeros problemas patológicos que poderão surgir com infiltração de água, integrada ao oxigênio e outros componentes agressivos da atmosfera (gases poluentes, chuva ácida, ozônio).

Mantas Sintéticas
Em geral as mantas de borracha EPDM têm boa resistência ao calor e ao envelhecimento, boa resistência a baixa temperatura e à luz solar, boa elasticidade, bom poder isolante e excelente resistência a intempéries.

Membranas Sintéticas
A membrana é o conjunto impermeabilizante, moldado no local, com ou sem armadura, podendo ser aplicada nas membranas a frio.
Nas membranas sintéticas, estão as soluções elastoméricas, como a utilização de materiais mais comumente chamados de neoprene – o neoprene é resultado de um composto de borracha sintética que possui como características principais a flexibilidade, elasticidade, resistência, proteção térmica e acústica.
Manta Asfáltica com Polímeros
A modificação da manta asfáltica com os polímeros tem como objetivo incorporar melhores características físico-químicas ao asfalto. As pricipais características do asfalto polimérico são:

• Maior coesão entre as partículas;

• Excelente elasticidade;

• Melhora a resistência a fadiga;

• Melhora da resistência aos raois ultravioletas do Sol.

Rejuntes e Juntas
As juntas de assentamento (ou rejuntes) atuam no sentido de aliviar as tensões decorrentes não só das movimentações da cerâmica como também de todas as camadas que envolvem o revestimento. Deve oferecer relativo poder de acomodação às movimentações da base e das peças cerâmicas.
Por este motivo são utilizados alguns rejuntes flexíveis, à base de cimento e elastômero. Desses, os que vêm com aditivos colantes são indicados para rejuntar porcelanatos.

Adições no Concreto
O cimento Portland é um excelente material de construção devido ao seu fácil manuseio, produzindo uma massa plástica que pode ser moldada de forma e tamanho pré-determinados quando endurecido.
Entretanto, sua utilização tem demonstrado certas limitações com relação à resistência à tração na flexão, ataques de agentes agressivos, abrasão, absorção de água, entre outros. Para minimizar estes problemas, novos materiais de construção estão sendo desenvolvidos, entre eles o concreto polimérico, onde a tecnologia do concreto é combinada com polímeros. As aplicações de elastômeros para a impermeabilização do concreto são:

• Impermeabilidade e resistência ao ataque de substâncias contaminantes presentes na água;

• Resistência a determinados produtos químicos;

• Durabilidade;

• Custo acessível;

• Resistência ao calor, em determinados casos.

 

Incorporação de borracha de pneu em Asfaltos
Existem dois métodos de incorporação dos pneus nas misturas asfálticas. No processo úmido são adicionadas partículas finas de borracha ao cimento asfáltico, produzindo um novo tipo de ligante denominado asfalto-borracha. No processo seco, objeto desse estudo, partículas de borracha substituem parte dos agregados pétreos na mistura. Após a adição do ligante, formam um produto denominado concreto asfáltico modificado com adição de borracha.

Silicones
No segmento da construção civil, o silicone pode ser aplicado em três linhas básicas: selantes, hidrofugantes e aditivos. O selante de silicone é utilizado em vedações de caixilhos, de peças sanitárias, rejunte de pias, de box, de banheiras, de azulejo, de piso, de pias de cozinha e de juntas de dilatação.
Quanto à função hidrofugante, o silicone é usado na proteção de tijolos, concreto, telhas, rejuntes e pedras naturais, impedindo a absorção de água e permitindo a saída de vapores. A novidade é um hidrofugante para ser usado em impermeabilizações externas da construção civil. Ele serve para proteção de paredes e revestimentos contra umidade, prolongando a vida útil dos materiais expostos a intempéries.

Share:

Escrito por

O autor ainda não acrescentou qualquer informação a seu perfil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>